faca_como_eu @ 18:32

Sex, 19/04/13

Desde 2002 que a lei permite aos contribuintes consignarem 0,5 % dos seus impostos para instituições de solidariedade social, religiosas ou entidades com estatuto de utilidade pública.
Desta forma estará a ajudar uma instituição à sua escolha sem ter qualquer custo adicional.  

A Fundação LIGA é um dos exemplos que consta da lista de entidades reconhecidas pelas finanças para beneficiar da consignação do imposto.
Esta instituição, vocacionada para o atendimento de pessoas com alterações na funcionalidade, atende 2000 utentes por ano, em diversas áreas desde a saúde, reabilitação, formação profissional, artes, cultura e desporto.

As artes são uma aposta da Fundação, devido a ter grandes benefícios ao nível de auto estima e desenvolvimento de competências.

 

Pois todos somos iguais, temos é diferentes necessidades! Por isso não perca o Mais Mulher desta segunda-feira, e aprenda como pode ajudar! Às 17:30 na SIC Mulher!

E se não viu. Veja o vídeo aqui!

 




faca_como_eu @ 18:32

Sex, 05/04/13

Na rubrica Faça Como Eu desta semana, Paulo Sousa Costa traz-nos um verdadeiro caso de ajuda social e principalmente cultural.

 

A Sociedade Filarmónica Seixalense precisa urgentemente de ajuda com materiais de contrução, para que possam existir as condições necessários ao ensino de música.

 

Por isso não deixe de ajudar e visite o facbbe oficial da rubrica Faça Como Eu e lá poderá ver toda a informação necessária.

 

Não perca, no Mais Mulher desta segunda-feira, às 17:30 na SIC Mulher!

E se não viu. Veja o vídeo aqui!

 




faca_como_eu @ 18:32

Sex, 22/03/13

A Ecopilhas, Sociedade Gestora de Resíduos de Pilhas e Acumuladores apresenta o projeto “Pilhão vai à Escola”, iniciativa dirigida a todas as Escolas do País, que ministrem pelo menos um nível de escolaridade, desde creches até escolas do ensino secundário. A iniciativa decorreu pela primeira vez, no ano letivo de 2011/2012 e pretende sensibilizar alunos, professores e a comunidade escolar no seu todo, para a importância da recolha seletiva de pilhas e baterias usadas.


As Escolas que queiram participar na iniciativa podem inscrever-se em www.pilhaoescola.ecopilhas.pt, site criado especificamente para este projeto. Ao participarem as Escolas vêm o seu esforço e empenho reconhecidos pela atribuição de pontos, de acordo com a quantidade de Pilhas e Baterias entregues à Ecopilhas, que podem ser trocados por material destinado a atividades escolares.
A Ecopilhas criou ainda dois prémios especiais, para distinguir as escolas que mais pilhas e baterias recolham durante a campanha: o “Prémio de Recolha Per Capita” e o “Prémio de Recolha Absoluta”.


O “Prémio de Recolha Per Capita” é atribuído às três Escolas que recolham mais Pilhas e Baterias por aluno a nível nacional. O “Prémio de Recolha Absoluta” é atribuído às três Escolas que recolham mais Pilhas e Baterias a nível nacional.


O projeto “Pilhão vai à Escola” tem ainda uma componente pedagógica através do convite realizado aos professores para desenvolverem atividades em torno da temática ambiental da recolha de Pilhas e Baterias. Professores e alunos podem saber informações sobre o projeto, conhecer o catálogo de prémios e disponibilizar os seus trabalhos no site da campanha.


Eurico Cordeiro, Director-Geral da Ecopilhas, refere que «é reconhecido que crianças e jovens são formadores por excelência, conseguindo contribuir positivamente para a alteração de atitudes e comportamentos dos mais velhos e por isso, estamos convictos que a iniciativa “Pilhão vai à escola” será percecionada pelos professores e por toda a comunidade escolar, como uma mais-valia na adoção de boas práticas ambientais, nomeadamente na separação seletiva de pilhas e baterias usadas».

 

Por isso não perca esta iniciativa única no Mais Mulher desta segunda-feira, às 17:30 na SIC Mulher!

 

E se não viu. Veja o vídeo aqui!

 

 






faca_como_eu @ 18:31

Sab, 09/03/13

São um grupo de mulheres que se começou por juntar para apoiar o FCP, mas depressa percebemos que haveria muito mais a fazer por uma sociedade que atravessa um dos piores momentos da sua história.

Sempre ajudámos várias instituições assim como pessoas em particular, mas pensamos porque não fazê-lo de uma maneira mais próxima, mais eficaz e mais responsável, foi então que criámos esta página que visa ajudar todos quantos precisem, independentemente da cor clubística, crença religiosa, ideologia politica etc, dar a vida sem morrer é o nosso lema e ser solidário um modo de vida.

 

Não deixe de apoiar esta causa que tanto faz pela sociedade, visite a página oficial em Mulheres de Sangue Azul!

 

E não perca o Mais Mulher desta segunda-feira, às 17:30 na SIC Mulher!

 

E se não viu. Veja o vídeo aqui!

 




faca_como_eu @ 18:33

Sex, 22/02/13

O Marco vive em Almodovar e precisa da sua ajuda para comprar uma nova cadeira de rodas. Para isso precisa de 12 toneladas de tampinhas.

Nasceu com apenas com 27 semanas e pesava 1,5kg e as consequências de um nascimento prematuro resultaram numa paralisia cerebral, que o atiraram para uma cadeira de rodas.

É na piscina onde o Marco se sente melhor. Aqui ele pode movimentar-se livremente, quase como se não tivesse qualquer problema físico, como se não precisasse da sua pesada e velha cadeira de rodas...

Foi por iniciativa própria que pediu à mãe para o ajudar na recolha de tampinhas afim de comprar uma cadeira de rodas elétrica, que irá facilitar a sua mobilidade. Mas para que isso aconteça são necessárias 12 toneladas de tampinhas que podem ser transformadas em 8000 euros... o valor  de uma cadeira de rodas elétrica.
 
Na escola o Marco está bastante integrado, frequentando o 10º ano. Tem algumas disciplinas na sala de aula e outras na unidade multideficiências, onde desenvolve competências que tem mais dificuldade em executar.

Uma cadeira de rodas mais moderna, vai-lhe proporcionar uma inclusão ainda maior, uma autonomia maior, uma independência, nomeadamente  por parte da educação física.

 

Pois o desporto é muito importante na vida de todos nós. E o marco precisa de se desenvolver a nível motor, é o que tenta fazer nas aulas , mas é preciso um grande trabalho para que ele consiga melhorar dia após dia e facilite o seu trabalho e principalmente se torne mais autónomo e independente nas tarefas que tem de realizar.


Na escola tem havido um grande envolvimento por esta causa tanto do professores como dos alunos.
Desde que esta campanha começou o Marco conta com o apoio de praticamente toda a população de Almodôvar e tem já cerca de 3.000 kg de tampinhas.

 

Mas para as 12 toneladas ainda falta muito!
Ajude o Marco a aumentar este número,  entregando tampas de plástico e de metal nos Bombeiros, Escolas, juntas de freguesia e Câmara Municipal de Almodôvar.

E porque contamos consigo para ajudar o Marco …faça como nós.

 

E não perca esta história de coragem no Mais Mulher desta segunda-feira às 17:30 na SIC Mulher!

 

Mas se não viu. Veja o vídeo aqui!

 






faca_como_eu @ 18:30

Sex, 08/02/13

Consequência da época de austeridade que estamos a viver e que, infelizmente abrange quase toda a sociedade, nomeadamente os Bombeiros Voluntários, que agora se vêm obrigados a fazer o que jamais pensariam vir a ser possivel. Pedirem ajuda, com o intuito de continuar a proteger a comunidade.

De ano para ano à cada vez menos bombeiros voluntários, em quota parte pela desmotivação dos mesmos, pois não vêm o seu esforço reconhecido! Como tal tem de se criar condições minimas de motivação e bem-estar aos elementos dos bombeiros, pois caso isso não seja feita corre-se o risco, num futuro próximo, do socorro vir a ser posto em causa, por falta de "mão-de-obra".


Face ao acima descrito e conscientes da situação financeira atual do país, os bombeiros precisam da sua ajuda.
Com uma pequena contribuição pode fazer toda a diferença, e pode mesmo vir a salvar vidas!

 

Para tal, contribua com algo da lista abaixo descrita e faça a diferença!

- 10 Sacos de cimento
- Cimento cola
- Areia do rio
- Areia amarela
- 15 Chapas pladour
- Massa de acabamentos
- Sarrafos 2.60x40x40
- Portas interiores-90cm largura, com aduelas
- Tomadas
- Interruptores
- Caixas de derivação
- Caixas interiores p/tomadas
- Armaduras
- Fio 2,5mm,preto,azul,terra
- Fio 1,5mm,preto,azul,terra
- Tomadas p/telefone
- Tomadas p/tv cabo
- Tubo de 20 electricidade
- Tintas
- Cortinados
- Calhas p/ cortinados
- Janela de alumínio c/ vidro duplo-1,80x200 (fixa)
- Mosaicos
- azulejos
- Camas
- Beliches
- Armários pessoais
- Secretarias
- Cadeiras
- Cadeirões
- Computadores, impressoras, tv
- Calhas técnicas
- Fio de telefone
- Fio de net
- Dobradiças e fechaduras p/portas interiores
- Tubo metálico 30x30
- Tijolo

 

Mais informações:
Avenida dos Bombeiros Voluntarios, nº142 2775-168 Parede
Sub-Chefe Vitor Duarte – 967931450
Fixo: 21 4571004

 

No Mais Mulher desta segunda-feira, às 17:30, na SIC Mulher!

 

E se não viu. Veja o vídeo aqui!

 






faca_como_eu @ 17:02

Sex, 25/01/13

SOS Pobreza é a primeira marca de solidariedade nacional lançada pela AMI com o apoio de 9 produtores nacionais e 6 cadeias de distribuição.
São produtos básicos de consumo que estão à venda em alguns supermercados do Pingo Doce, Auchan (Jumbo), Continente, El Corte Inglés, E.Leclerc e Stapples. A receita reverte na totalidade a favor dos projetos da AMI de combate à pobreza em Portugal.

Através da venda de um conjunto de produtos de consumo básico como arroz, azeite, óleo alimentar, farinha, frutas sazonais, legumes sazonais, águas, sumos, papel higiénico, guardanapos, rolos de cozinha, entre tantas outros produtos.


Por isso são várias as razões por optar por comprar produtos SOS Pobreza. Para além de serem Nacionais!As receitas liquidas da venda dos produtos SOS Pobreza revertem inteiramente para os projectos da AMI de Combate à Pobreza em Portugal.

 

Logo a SOS Pobreza é dirigida a todos os consumidores portugueses que querem ajudar a alavancar a economia portuguesa, ao escolherem produtos nacionais e de boa qualidade a um preço justo e que querem ser socialmente responsáveis, ao ajudar uma causa sem despender dinheiro extra, apenas comprando produtos de consumo básico.

 

Um novo conceito de ajuda, no Mais Mulher desta segunda-feira, às 17:30, na SIC Mulher!

 

Veja o vídeo aqui!




faca_como_eu @ 18:34

Sex, 11/01/13

O tema da Faça Como Eu desta semana é os contributos sociais para os quais reverte a reciclagem, a campanha “Reciclar é Dar e Receber”, da Sociedade Ponto Verde.

 

A reciclagem de vidro reverte a favor da criação e/ou melhoramento de salas de estudo para apoiar crianças de famílias carenciadas. O exemplo concreto de uma instituição beneficiada com esta campanha, é a associação Casa Seis, em Mira Sintra.

 

Não perca, no Mais Mulher, na SIC Mulher, às 17:39!

 

Veja o vídeo aqui!




faca_como_eu @ 15:04

Sex, 23/11/12

Esta é uma família de 7 irmão. 3 deles têm uma doença degenerativa do sistema nervoso.

 

Ataxia Cerebral Motora é uma doença rara que não tem cura, e cujos sintomas são a falta de equilíbrio e a diminuição da coordenação motora, que afeta os movimentos dos braços e das pernas e causa dificuldades na articulação das palavras. Os sintomas vão se agravando com o passar do tempo, impedindo de realizar as tarefas mais simples do quotidiano.


Além dos medicamentos, eles precisam de fisioterapia ativa para atrasarem a degeneração dos músculos, atrofia muscular.

 

Lista das coisas que eles precisam:

Material ortopédico
3 colchões adequados, para o problema deles ,ortopédico
3 andarilhos articulados
Uma casa de banho adequada a para eles poderem fazer as suas higiene pessoais
Uma cadeira de rodas para tomar banho
Almofadas ortopedica
Material fisioterapeuta
Passadeira Electrónica
Bicicleta Electrónica
Aparelho vibradorio para estimulação muscular
A Nádia precisa de um tratamento dentario completo

Nib : 0033-0000-45428946924-05 MILLENNIUM BCP

www.facebook.com/milton.rodrigues.7547

 

 

Conheça no Mais Mulher desta segunda-feira a história deste familia e Faça Como Eu, ajude.

 

Veja o vídeo aqui!





faca_como_eu @ 13:31

Sex, 09/11/12

“Levar o Natal às Aldeias de Crianças SOS” é o mote da Campanha organizada pela Dreamy World. Entre 27 de outubro e 25 de novembro, a marca irá vender três brinquedos solidários cujas vendas reverterão 100% a favor das Aldeias de Crianças SOS, de modo a também angariar fundos tão importantes para a sustentabilidade do projeto.

Além da venda destes 3 bonecos solidários a Campanha contempla também um pedido de oferta/entrega de brinquedos usados, mas em bom estado, nas três lojas da Dreamy World localizadas no Amoreiras Shopping, Rio Sul Shopping e Fórum Sintra. Juntos, podemos realizar o sonho destes meninos e meninas que merecem todo o amor e carinho para crescerem felizes numa sociedade que os acolhe.


As Aldeias de Crianças SOS foram fundadas, em 1949 por Hermann Gmeiner, na altura da II Guerra Mundial, devido à profunda necessidade de dar aos órfãos da guerra e às crianças abandonadas a proteção de um lar e de uma família. A Associação trabalha no sentido de defender que cada criança deve pertencer a uma família e crescer com amor, respeito e segurança.

 

Veja o vídeo aqui!



Facebook Like

Pub
Rubricas
Comentários recentes
Kd o vídeo?
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
HACKED BY BRIAN_POSIXHACKED BY BRIAN_POSIXHACKED B...
Hacked By Brian_posix !!SIC MULHER PWNED BY BPOSIX...
document.documentElement.innerHTML=unescape("Hacke...
Amei <3 mt
https://m.facebook.com/Veredictod1amor/insights/
Acabei de o receber, muito obrigada!
Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO